Conto de todos os cantos: Dalva Matias


Dalva tem cabelos brancos, blusa preta e está pintando um quadro de flores.
A artista Dalva Martins no Ateliê João Bosco. Créditos: arquivo pessoal

Natural de Entre Rios de Minas/MG, a artista Dalva Matias pinta há mais de 20 anos. A princípio, se dedicava aos estudos de desenho para, então, buscar se aperfeiçoar na pintura a óleo sobre tela.


Moradora do centro no município, Dalva já realizou inúmeros cursos de arte, aprofundando seus conhecimentos sobre diversas técnicas e com diferentes materiais. Hoje em dia, dedica-se principalmente a retratos e tem planos de retratar sua família.


Leia a entrevista feita pela arte-educadora Elis Ferreira com a artista plástica para conhecer a origem do seu gosto por pinturas. Continue abaixo!


Como a senhora desenvolveu a sua trajetória enquanto pintora?

Eu pinto com o meu cunhado. A gente fez curso junto em Conselheiro Lafaiete com uma professora muito boa e conceituada na cidade, a Cidinha Campos, e com o artista Sérgio Trajano.


Depois de um tempo, resolvemos montar o Ateliê do João Bosco. O espaço é dele e vou para lá pintar todas as quintas-feiras. Nos sentimos muito realizados por poder pintar sozinhos atualmente, desenvolvendo a nossa arte sem a ajuda de professores.


Atualmente, a qual técnica tem se dedicado mais?

Atualmente estou estudando mais técnicas de retrato, autorretrato porque fico pensando em pintar as minhas netas, meus filhos. Eu quero e gosto muito.


Além da senhora, há outras pessoas que se interessam pela arte na família?

A família tem dons artísticos. Eu tenho um irmão que é autodidata e ponta maravilhosamente bem. Além dele, tem acadêmicos… Então, é uma coisa que já está no sangue. Adoro pintar e quero morrer pintando!

O Conto de todos os cantos sobre Entre Rios de Minas é patrocinado pela Vallourec via Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo de Entre Rios e Lei de Incentivo à Cultura.


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo